segunda-feira, 18 de junho de 2012


Viver saudades

A dor que se faz sentir
Pressiona o cérebro
Aperta o peito
Na hora que se vai partir,
Parte a vida, os sentimentos
Parte-se  para voltar
P’ra nunca mais ir.

Então...,  saudades
das roupas o seu cheiro
perfume que se veste
pensamento que chega primeiro
da fala mansa que se ilumina
do sorriso que se aquece
das gostosas coisas que determina
felizes momentos que florescem


saber que o momento passou
nunca iguais outros serão
lembrar como um dia foi...
saudades,
de ter saudades.

2 comentários:

  1. Valmor,
    grandes palavras e de boas lembranças...
    Saudações poeta!

    ResponderExcluir
  2. grato Ricardo Alves,
    Saudações

    ResponderExcluir

Subscribe to Eufemias by Email">Receba as atualizações deste blog no seu e-amil">